Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Senhor Ministro das Relações Exteriores, Excelência,

Senhor Decano do Corpo Diplomático, Excelência,

Senhoras e Senhores Embaixadores e Representantes de Organizações Internacionais, Excelências,

Senhoras e Senhores diplomatas,

Senhoras e Senhores colaboradores da Presidência da República,

Senhoras e Senhores membros da Comunicação Social,

Excelências,

 

Como é habitual, no início de cada ano novo, recebo com imensa satisfação os digníssimos membros do Corpo Diplomático acreditado junto do Estado de Cabo Verde, para renovar os meus votos de felicidades e sucessos pessoais e profissionais, estendendo- os às Nações que Vossas Excelências aqui representam.

 

Agradeço, muito particularmente, ao Decano, Sua Excelência Senhor Narciso Reinaldo Amador Socorro, Embaixador de Cuba, pelas palavras que dirigiu à minha pessoa, à minha família e ao Povo de Cabo Verde, em nome de Vossas Excelências.

 

Àqueles que, pela primeira vez, participam deste nosso encontro, gostaria de transmitir a minha imensa satisfação em contar com a sua presença, o que l constitui um sinal expressivo das boas relações que existem entre os nossos países, e da nossa decisão comum em continuar a trilhar, juntos, os melhores caminhos para o seu reforço, num ambiente que desejamos continue sendo de paz e de prosperidade para as nossas Nações e para os respectivos Povos.

 

Senhoras e Senhores Embaixadores,

 

2013, para muitos dos nossos países, particularmente para Cabo Verde, não foi um ano isento de dificuldades.

 

Apesar dos esforços empreendidos para atenuar os efeitos da crise internacional que, de toda a evidência, perturbou o seu programa de desenvolvimento e tornou mais evidentes algumas das nossas debilidades; apesar da sua reconhecida resistência na luta contra a adversidade, o Povo de Cabo Verde se deparou, de facto, com situações complexas, em termos económicos e sociais.

Entretanto, apraz-me registar, como aliás Vossa Excelências puderam testemunhar, que o País viveu e continua a viver em um clima de absoluta normalidade política e institucional, efectuando algumas realizações e adoptando importantes medidas que tencionam aprofundar o sistema democrático, como a designação do primeiro Provedor de Justiça do país, a que se seguirá, num futuro muito próximo, creio, outras designações essenciais à consolidação do sistema democrático que felizmente vigora entre nós há mais de vinte anos.

 

Senhoras e Senhores Embaixadores,

 

Não obstante dificuldades existentes, continuamos, pois, a acreditar que o clima de normalidade social e institucional continuará e deverá mesmo ser reforçado de modo a permitir que os anseios dos cabo-verdianos sejam progressivamente realizados.

 

Por isso, em diálogo permanente com as instituições da República e com os cabo-verdianos, residentes e emigrados, prosseguirei os trabalhos no sentido do reforço da inclusão social, sem a qual não pode haver coesão nacional.

 

Foi nesta perspectiva que procurei, no âmbito das minhas atribuições constitucionais, ao longo do ano agora findo, dar continuidade às minhas visitas aos distintos Municípios do país, sempre em contacto com as populações, para melhor inteirar-me dos problemas que afligem o quotidiano das populações e, em concertação com o Governo, contribuir, senão para a sua resolução, para a sua atenuação. 

 

Temo que o ano que ora se inicia seja de acrescidas dificuldades para o país, com particular incidência para as camadas mais vulneráveis da sua população.

 

Por isso, pretendo atribuir, também neste novo ano, uma especial atenção às questões económicas e sociais, por forma a cumprir a especial incumbência que cabe a um Presidente da República no nosso sistema, qual seja, o de defender, cumprir e fazer cumprir a Constituição da República da República em todos os seus segmentos.

 

Assim, prosseguiremos os nossos esforços de conformação política no sentido de se conseguirem os necessários consensos entre os diferentes actores, políticos e sociais, com o objectivo de se encontrarem as melhores vias para se enfrentar os problemas existentes.

 

Os imigrantes que escolheram Cabo Verde para trabalharem e viverem estarão também nas nossas preocupações. Na medida das possibilidades que oferece o nosso país, procuraremos minorar as dificuldades que porventura possam encontrar no processo de integração, nomeadamente através da concretização de proposições contidas em Protocolos assinados entra a Presidência da República e suas organizações representativas. 

 

Senhor Ministro, Excelências Senhoras e Senhores Embaixadores,

 

Ao longo do ano findo, procurei manter um diálogo permanente com os Representantes Diplomáticos acreditados nesta Cidade da Praia, aos quais aproveito para agradecer o empenho demonstrado na prossecução dos desígnios do estreitamento das relações de amizade e de cooperação de Cabo Verde com as Nações e Organizações Internacionais que Vossas Excelências aqui representam.

 

Terão, seguramente, atestado que, Cabo Verde, protagonizou, em 2013, sempre numa acção de complementaridade – aliás, favorecida senão imposta pela nossa Lei Fundamental - entre o Presidente da República e o Governo - uma intensa e profícua agenda diplomática, no intuito de, não só manter, como também reforçar as boas relações existentes entre os nossos países e o nível de cooperação com instâncias internacionais. Muitas questões foram bem encaminhadas e muitas visitas bem-sucedidas. Para isto, muito se deve, também, ao trabalho que os senhores Embaixadores têm desenvolvido no nosso país.

 

Senhoras e Senhores Embaixadores,

 

Cabo Verde, conquanto Estado que orienta a sua política externa pelas normas do Direito Internacional e que tem no primado da paz um vector fundamental da sua política externa, acompanhou com imensa apreensão, os trágicos acontecimentos registados na República Centro Africana, no Sudão Sul, no Egipto, nos países dos Grandes Lagos, no Corno africano, na sub-região Oeste Africana, nomeadamente no Mali e na Guiné Bissau e os impasses da Primavera Árabe.

 

Ainda que o crescimento económico da África tenha sido significativo especialmente na nossa sub-região, não é possível verificar suas consequências positivas para a vida de milhões de africanos em razão, em larga escala, dos inúmeros conflitos existentes e de investidas do crime organizado a nível transnacional, que põem em causa a existência do Estado, atrasam o desenvolvimento económicos e social dos países afectados e atingem, de modo profundamente negativo, a vida de amplas camadas da população.

 

Como o fiz em todas as minhas intervenções públicas ao longo de 2013, continuarei, no decurso deste ano de 2014, a denunciar estas ocorrências e o meu país, Cabo Verde, continuará a trabalhar e procurando ser útil na luta contra esses males e na promoção dos valores da democracia, dos direitos humanos e da paz. 

 

Continuarei a defender, com igual convicção, a necessidade de ver o corredor do Atlântico Sul como uma zona de paz, isenta de qualquer tipo de ameaça, seja ela ocasionada pela pirataria marítima, tráficos ilícitos ou outros actos criminosos conexos.

Neste espírito continuarei a incentivar as negociações com a União Europeia para a consolidação do nosso projecto de Parceria Especial.

 

Com a mesma determinação, empenho, e optimismo em relação ao futuro, não obstante as dificuldades que quase todos os países ainda vivem, continuarei a obrar para o estreitamento das boas relações de amizade e cooperação com os países amigos e nossos parceiros, bem como para a consolidação da nossa presença, participação e integração nas organizações internacionais, continentais e regionais de que somos membros, quais sejam a UA, a CEDEAO, a CPLP, os PALOP e a ONU.

Senhoras e Senhores Embaixadores,

 

Espero que continuem a usufruir da hospitalidade do povo cabo-verdiano e que  prossigam o trabalho de aprofundar as relações de amizade e cooperação entre Cabo Verde e os vossos  países, com benefícios recíprocos.

 

Gostaria de terminar renovando meus votos de próspero e feliz 2014, para Vossas Excelências, suas Digníssimas famílias e para os países que aqui representam.

 

Muito obrigado. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:25