Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Veja as Fotos
Excelências,
Senhor Embaixador, AbdouJarjou,
Senhor Ministro das Relações Exteriores,
Senhoras e Senhores colaboradores da Presidência da República,
 Senhores Diplomatas,
Senhores colaboradores da Embaixada da Gâmbia,
 Senhoras e Senhores jornalistas
 Senhor Embaixador,
É com imenso prazer que recebo as Cartas que acreditam Vossa Excelência na qualidade de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República da Gâmbia junto do meu país. 


Verifico com satisfação, Sr. Embaixador, que hoje, mais que nunca, os nossos dois países estão comprometidos a trabalhar para que as tradicionais relações de amizade e cooperação que, felizmente, sempre existiram entre nós, se reforcem e se diversifiquem, seja a nível bilateral, seja a nível internacional.
Inseridos no mesmo contexto geo-estratégico, Cabo Verde e Gâmbia, ambos membros activos da CEDEAO, organização sub-regional tido como instrumento útil na efectivação da estratégia de desenvolvimento económico integrado que se quer para os seus Estados membros,  partilham ainda a circunstância de serem pequenos Estados o que os deve incentivar a colaborarem,  de forma cada vez mais intensa e coordenada, na defesa dos interesses dos nossos países e da nossa Organização.
Independentemente da nossa pertença comum à CEDEAO, diria ainda que as nossas reduzidas dimensões territorial e populacional, aliadosa uma relevante sintonia em relação a alguns dos dossiers políticos mais críticos tanto no âmbito da CEDEAO, quanto no da União Africana, nos devem estimular para uma cada vez maior concertação política e diplomática.
Estou certo que na sua missão que hoje se inicia em Cabo Verde, Vossa Excelência saberá inaugurar um novo ciclo nas nossas relações políticas, diplomáticas e de cooperação efectiva, nas mais diversas áreas, como por exemplo, o comércio, o desporto, as novas tecnologias e, muito particularmente, a cooperação entre serviços especializados na luta contra o narcotráfico,o terrorismo, o crime organizado e a pirataria marítima nas nossas águas, fenómenos que devemos combater, com convicção e determinação, se queremos que as nossas Nações se desenvolvam de forma harmoniosa e sustentável.
Senhor Embaixador,
Almejamos que os nossos países irmãos - Mali e Guiné-Bissau - possam encontrar, o quanto antes, o caminho da paz e da concórdia, para o bem-estar dos seus respectivos povos.
Para tanto, gostaria de assegurar a Vossa Excelência da disponibilidade pessoal e institucional do Presidente da República na prossecução desses objectivos.
As autoridades cabo-verdianas seguiram, com apreensão, as recentes ocorrências,  na República Centro Africana,    que condenaram, desde o primeiro momento pelo facto de Cabo Verde se posicionar firmemente contra o recurso a qualquer tipo de violência como forma de se chegar ao poder, defendendo, os princípios da legalidade, do respeito pela Constituição e pelo direito internacional..
De igual forma, condenamos o atentado bombista que se registou no passado dia 15de Abril em Boston, manifestando total repúdio contra tal acto,  e solidarizando-nos com as autoridades norte-americanas e as famílias das vítimas inocentes.
Gostaria de destacar o importante contributo que vem sendo dado pela CEDEAO na busca de soluções para a Guiné Bissau e o Mali. No último caso, registamos com grande satisfação os consideráveis avanços no sentido da reposição da integridade territorial daquele país, assim como, o restabelecimento do direito do seu  povoa viver em paz, numa sociedade livre, democrática e plural a todos os níveis.
Senhor Embaixador,
Permita-me referir, com imensa satisfação e orgulho, as comemorações do 50º aniversario da criação da OUA que,  em Maio próximo, serão devidamente assinaladas em Addis Abeba. Trata-se de uma efeméride que, em atenção à sua dimensão histórica, mobilizará, certamente, todas as Nações e forças vivas  do nosso Continente para que todos possamos prestar  a devida e justa homenagem  àqueles visionários que,  a seu tempo, souberam forjar o instrumento, através do qual e à volta do qual gravitaram todos os movimentos  independentistas da África.
Finalmente, gostaria de terminar desejando que a  missão de Vossa Excelência que hoje começa em Cabo Verde seja coroada de sucessos e que ela possa contribuir para o efectivo fortalecimento das relações de amizade e cooperação entre os nossos dois países e povos. Reitero ao Senhor Embaixador Abdou Jarjou toda a disponibilidade pessoal e Institucional do Presidente da Republica para apoiar Vossa Excelência nessa missão.
Muito obrigado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00